Durante os dias 24 e 25 de abril, pesquisadores e empresas de micro e nanotecnologia puderam trocar conhecimentos e fazer contatos durante o IX Workshop on Semiconductors and Micro & Nano Technology (Seminatec 2014). O evento aconteceu na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e reuniu 130 inscritos. “Este foi o ano em que tivemos mais participações”, conta João Antônio Martino, coordenador do evento e professor do Departamento de Engenharia de Sistema Eletrônicos da Poli-USP. “Normalmente temos entre 80 e 100 participantes”, completa.

O evento contou com participações de pós-graduandos de institutos de ciências exatas de universidades como USP, Unicamp, FEI, FATEC, Mackenzie e Federal do ABC. Empresas como Samsung, Smart e Agilent puderam expor seus produtos e pesquisas em desenvolvimento.

Para Martino, o seminário foi um sucesso não apenas pelo grande número de participantes, mas também pela qualidade dos contatos e das interações feitas. O evento teve seis pesquisadores do exterior como palestrantes e seis empresas brasileiras de micro e nanotecnologia. “O mais importante foi poder proporcionar aos alunos a oportunidade de assistir palestras internacionais de alta qualidade sem precisar sair do Brasil. Acho que colaborou mais trazer estes palestrantes para cá do que tentar levar 130 alunos para fora”, conta.

A interação com as empresas também foi um ponto importante nos resultados esperados. “Esse contato foi importante porque nem os alunos conheciam muito do que as empresas faziam de fato e nem as empresas conheciam as pesquisas que estão sendo desenvolvidas no país. Foi uma oportunidade de se travar conhecimento entre empresa e universidade, que é importante para futuros trabalhos conjuntos na comunidade brasileira”, conclui.

Outro aspecto muito relevante, segundo Martino, foi a prática da divulgação científica em um ambiente internacional. “Tivemos 40 apresentações em forma de pôsteres”, conta o professor, “dentre os quais 38 estiveram presentes. Em uma das seções, eles tiveram dois minutos para falar de sua pesquisa a fim de atrair a atenção dos outros participantes e conversar mais depois”, explica. E o desafio foi ainda maior pelo fato de as apresentações terem sido feitas em Inglês – para além do tempo curto. “Foi uma excelente oportunidade de divulgação, já que os alunos (em sua maioria de pós-graduação) falavam para colegas de outras áreas”, observa.

SEMINATEC 2014 Brazil

A comissão organizadora do SEMINATEC reunida

Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer – CTI
Rod. D. Pedro I (SP-65) Km 143, 6, Amarais | CEP. 13069-901 | Campinas – SP | (19) 3746-6188
Financiado com recursos CNPq Proc 573738/2008-4 e FAPESP proc 08/57862-6

 

CAPES CNPq Fapesp INCT CTI Renato Archer MCTI  marcadogovernofederal-2015