Entre muitas, duas teses de doutorado do INCT NAMITEC foram classificadas entre as 06 melhores no Concurso de Teses e Dissertações - edição 2016 - do Congresso da Sociedade Brasileira de Computação. As duas teses serão apresentadas durante o evento que acontece de 04 a 07 de julho de 2016 em Porto Alegre - RS e podem vencer o concurso.

A tese da UFMG com título Content Delivery in Vehicular Ad hoc Networks do Fabrício A. Silva orientado por Linnyer Beatrys Ruiz (UEM) e Antônio Alfredo Ferreira Loureiro (UFMG) tem como tema a entrega de conteúdo aos veículos que em uma Redes Ad hoc Veiculares (VANETs). Estas redes estão se tornando uma realidade devido, em parte, ao interesse dos fabricantes de veículos em prover novos tipos de serviços aos seus clientes. Como consequência, as aplicações para esse tipo de rede estão surgindo com o objetivo de tornar o trânsito mais seguro, menos congestionado, mais informativo e prazeroso. No entanto, algumas características específicas das VANETs, como topologia extremamente dinâmica, mudanças frequentes na densidade da rede e sua natureza de larga escala, fazem com que a tarefa de entrega de conteúdo seja significativamente complexa. Duas abordagens têm sido usadas para a entrega de conteúdo em redes tradicionais: Redes de Entrega de Conteúdo (Content Delivery Networks ou simplesmente CDN) e Redes Par-a-Par (Peer-to-Peer Networks ou simplesmente P2P). Porém, as características específicas das redes veiculares sugerem que essas abordagens, como originalmente propostas para a Internet, não são adequadas para esse tipo de rede, e até o momento ainda não está claro como as redes veiculares podem se beneficiar pela utilização dos conceitos de CDN e P2P. Para abordar esse problema, o principal objetivo desta tese é investigar como os conceitos de CDN e P2P podem ser aplicados às VANETs, e propor soluções adequadas a essas redes. Para alcançar esse objetivo um modelo híbrido em que conceitos de CDN e P2P são herdados e adaptados para VANETs. Para auxiliar os projetistas de aplicações, um arcabouço que engloba os principais componentes a serem implementados para o modelo proposto foi desenvolvido. Para concluir, com base em um estudo de caracterização de mobilidade realizado, também foram propostas e avaliadas duas soluções com diferentes demandas para demonstrar a eficiência do modelo proposto para o desempenho das aplicações. Atualmente, o Fabrício A. Silva voltou às atividades na Universidade Federal de Viçosa, campus Florestal.

A tese da UFRGS com título Electromigration Aware Cell Design da Gracieli Posser orientada por Ricardo Reis (UFRGS) e Sachin S. Sapatnekar (University of Minnesota) tem como ideia central diminuir os efeitos da eletromigração nas interconexões (fios) dos circuitos integrados e assim aumentar o tempo de vida dos circuitos integrados. Considerando que ficamos extremamente decepcionados se compramos um eletrônico (computador, smartphone, etc) e ele deixar de funcionar depois de alguns meses de uso. A eletromigração, que é o problema tratado nesse trabalho, ocorre quando há uma alta corrente passando pela interconexão fazendo com que átomos migrem de uma região para outra do fio, gerando buracos em uma região do fio, pela falta de átomos, e protuberâncias na região para onde os átomos migraram. Essa migração dos átomos pode causar circuito aberto ou curto circuito, respectivamente, causando falhas nos circuitos. Nosso trabalho reduz os efeitos da eletromigração consideravelmente, aumentando o tempo de vida dos circuitos em até 80.95% somente evitando as posições de pinos críticas nas células que compões os circuits, mantendo o mesmo desempenho e consumo de energia no circuito. Atualmente, a Graciele Posser está realizando um estágio na Cadence EUA.Teses classificadas 29º CTC-CSBC 2016

Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer – CTI
Rod. D. Pedro I (SP-65) Km 143, 6, Amarais | CEP. 13069-901 | Campinas – SP | (19) 3746-6188
Financiado com recursos CNPq Proc 573738/2008-4 e FAPESP proc 08/57862-6

 

CAPES CNPq Fapesp INCT CTI Renato Archer MCTI  marcadogovernofederal-2015