Nos dias 09 e 10 de abril, pesquisadores do INCT Namitec participaram do X Seminatec, workshop que tratou de tendências tecnológicas nas áreas de micro e nanotecnologia. Realizado no Centro Universitário da FEI, em São Bernardo do Campo (SP), o evento reuniu representantes da indústria, da academia, de centros de pesquisa e desenvolvimento, estudantes e o governo. Eles discutiram temas relacionados a semicondutores, incluindo: dispositivos optoeletrônicos, circuitos integrados, fabricação de micro e nanoestruturas, microssistemas, modelagem e caracterização de dispositivos.

Durante o workshop, o professor Nilton Morimoto, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), apresentou os principais resultados de pesquisas realizadas no âmbito do INCT Namitec, falando sobre o trabalho da rede na formação de recursos humanos e na transferência de conhecimento para empresas, governo e sociedade. Além disso, Morimoto chamou a atenção para os programas de incentivo e apoio ao desenvolvimento da nanotecnologia no Brasil. “Temos que difundir essas informações o melhor possível, mostrar que existem oportunidades e estimular os grupos de pesquisa a desenvolverem cada vez mais projetos nesta imensa e importante área. Quanto mais pesquisadores participarem de redes e dos programas de apoio, mais chances teremos de fortalecer a nanotecnologia no Brasil. É fundamental somarmos esforços”, destaca Morimoto.

Entre os programas apresentados pelo professor estavam a Iniciativa Brasileira de Tecnologia (IBN) e o Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias (SisNano). A INB objetiva integrar e fortalecer ações governamentais para promover o aumento da competitividade da indústria brasileira ancorada na nanotecnologia. Para tanto, financia projetos inovadores realizados por empresas na área da nanotecnologia. Já o SisNano é uma rede constituída por laboratórios estratégicos e laboratórios associados. Seu objetivo é dar infraestrutura e suporte para pesquisadores, empresas e órgãos públicos, a fim de promover inovação e desenvolvimento em nanociências e nanotecnologias.

Na visão do professor Morimoto, além de possibilitar a aproximação de pesquisadores, representantes da indústria e do governo, o X Seminatec foi uma excelente oportunidade para popularizar o conhecimento sobre nanotecnologia entre alunos de graduação. “Divulgar a rede, apresentar os resultados dos projetos, é importante para atrair esses estudantes para a área de nanotecnologia e microeletrônica. No Brasil, a procura dos jovens por carreiras nas áreas tecnológicas é cada vez menor. É preciso despertar o interesse deles, mostrar a relação do que é estudado com o cotidiano de cada um, mostrar como a tecnologia interfere na vida deles”, pontua.

O X Seminatec foi organizado pelo Centro Universitário da FEI, pela USP e pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Contou com o apoio do CNPq e foi promovido pelo INCT Namitec e pelo IEEE.

 

Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer – CTI
Rod. D. Pedro I (SP-65) Km 143, 6, Amarais | CEP. 13069-901 | Campinas – SP | (19) 3746-6188
Financiado com recursos CNPq Proc 573738/2008-4 e FAPESP proc 08/57862-6

 

CAPES CNPq Fapesp INCT CTI Renato Archer MCTI  marcadogovernofederal-2015